Quem?

Uma vez eu achei que poderia ser cantora e berrei 10 faixas num CD feito gato no cio. Um dia também achei que poderia ser uma grande artista renomada, pintei alguns quadros e participei de uma exposição com coquetel e tudo, e depois a inspiração pra pintar sumiu. Achei que poderia ser fotógrafa e fui pra uma praça bater fotos artísticas da natureza com uma Kodak velha que queimou todo o filme e me desanimou. Tentei criar um docinho novo na cozinha a base de farinha láctea e leite moça mas devorei tudo antes de concluir. Quis ser artesã e trabalhar com bijuterias de miçangas e arame, reuni um bom dinheiro fazendo isso, mas apesar dos milhões de materiais que ainda tenho aqui nas minhas maletinhas, me deu uma canseira de continuar. Achava que podia ser arquiteta só por gostar de Lego e de desenhar, mas não consegui vencer a Física enquanto estava nas Ciências Exatas em tempos de ensino médio, era muito pra minha cabeça. Quis ser astróloga e, além de dezenas de livros ainda colecionava “Aprender e conhecer a Astrologia” da editora Salvat, mas só consegui comprar a metade e assim fiquei com meio conhecimento, meio jogo de cartas de tarô, meio jogo de runas, meio horóscopo chinês… meio um monte de coisa na vida… E assim foi quando tentei escrever um livro, meio caminho andado novamente. Mas esse blog é algo que não necessariamente precisa ter uma conclusão, e acho que por isso que eu acabei conseguindo que ele fosse se construindo…

Quem vos fala é alguém que sempre gostou de escrever cartinhas pros amigos, cartões de Natal, desabafos em diários e agendas de colégio. Também adorava aqueles cadernos de Perguntas&Respostas dos tempos da adolescência e aqueles livros de recordações do último dia do ano com homenagens ao colega. Participava de Clubes de Correspondências e fui percebendo que conseguia me expressar melhor com palavras do que com atitudes. Escrever é uma terapia magnífica. Não importa se é algo que preste, se é algo bem escrito, se tem clareza, se obedece as novas regras da Língua Portuguesa ou não, eu só me importo em deixar um registro do que vivo, penso, faço, lembro… e quando eu morrer eu deixo algo registrado, pelo menos até tirarem o blog do ar. E eu não sei se vai servir pra alguém ler, o prazer é escrever e assim, com alguns intervalos, vou reunindo minhas publicações desde 2005…

Além de brincar com esse espaço, sou publicitária, graduada em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela Universidade da Amazônia, UNAMA (Belém-PA), 2000-2003, e especializada em Semiótica e Artes Visuais pela Universidade Federal do Pará, UFPA (Belém-PA) 2003-2004. Trabalho em agência de publicidade pela parte da tarde e assessoria de comunicação pela manhã. Executo atividades relacionadas a criação de arte, layout, design gráfico digital e desenho de ilustrações.

Eu vivo do meu trabalho, da família, dos amigos e de muito amor… estes itens eu nunca deixo pela metade, é o que constitui meu projeto de vida.

  1. noossa parabens por ter feito tudoo issoo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: