Dia Mundial Anti-Tabagismo…

Hoje é o Dia Mundial Anti-Tabaco e é exatamente quando completam 50 dias que decidi parar de fumar. É pouco tempo, mas é um começo. resolvi aliar o parar de beber com o parar de fumar. Assim, não foi algo "puxa como ela cortou o cigarro assim, de repente", não, há algum tempo eu já vinha trabalhando o assunto na minha cabeça e aí, com alguns cigarros por perto, resolvi dar uma reduzida e quando percebi, um dia inteiro se passava sem que eu sentisse vontade de acender o mardito, mesmo com a carteira lá, do meu lado.  

Depois de quase 10 anos, sendo os últimos 5 bem ativos, o que começou com uma brincadeira com o Yves Saint Laurent Menthol aos fins de semana, transformou-se num vício insasiável. Ele foi passando por Carlton Red, Blue, Silver… nos dias fartos Capri… no dia-a-dia… Free, Charm, Marlboro, Camel, Lucky Strike e chegou ao cúmulo do Hollywood, Bacana, Derby, Pagode, Benson, Continental, West, e outros de origens duvidosas… daí resolvi refletir… a minha rotina já estava sendo… deixa eu calcular… 1 pela manhã saindo pro trabalho, 1 no meio do expediente, 1 na hora do almoço voltando pra casa, 1 depois do almoço indo pro outro trabalho, 1 no meio do expediente, 1 voltando pra casa, uns 3 em casa… praticamente 9 cigarros por dia, isso em dias comuns, sem grandes estresses… nos dias de grandes estresses ia uma carteira com certeza… é, já estava demais.

O tempo inteiro as minhas mãos exalavam o cheiro, eu lavava, lavava, mas não saía. Uma das coisas mais bacanas é tirar bustela sem aquela inhaca de nicotina, sério. Se eu soprasse mais forte parecia a descarga do Guamá Montepio, e depois, o cheiro que ficava, eca, eu vivia escovando os dentes e com bombom na boca. Ainda bem que o estrago nos dentes não é perceptível, menos mal. O fedor na roupa, no cabelo… as cinzas que caiam no carro e sujavam tudo, as roupas que ficaram com furinhos de brasa, coisa de bêbado desastrado… e… os reajustes… minha carteira de cigarro já custava R$4,25, facada total nos momentos mais sangue quente.

Tudo isso, somado à outros fatores – dentre eles a campanha que meu irmãozinho de 6 anos fez em casa ("não quero morrer com a fumaça de vocês" repetido de minuto em minuto) – contribuiu para que eu tomasse tal decisão que eu, sinceramente, não sei até quando vai durar. Não é uma coisa que está acontecendo de forma pressionada, eu tô seguindo o "se eu quiser, eu fumo", assim tem sido mais fácil. 

Mas hoje sabe… me revoltei tanto com alguns acontecimentos, algumas pessoas, algumas atitudes… e até, comigo mesma… que, acho que em outros tempos eu fumaria 4 carteiras num trago só… mas a minha força de vontade tem falado tão alto… ela berra pra mim "NINGUÉM vale o teu bem-estar, nem tu mesma!", será que ela vai falar alto hoje também?

Eu tenho tentado me refugiar em outras coisas… hoje, por exemplo, me refugiei em algo bem mais interessante: minhas músicas. Nelas que me agarrei, músicas que ninguém curte, mas que são só minhas! Minhas músicas toscas! Eu sempre gostei dessa forma de extravasar… desde criança… é a terapia de ouvir música alta e mandar o mundo pra merda… mandar a minha revolta, seja ela comigo mesma ou com os outros, pra longe e deixar o tempo se encarregar dos mal entendidos… né?  Mas e o cigarrinho tentador??? Será que venço ele hoje?

Enfim, por enquanto, tudo bem parar de beber, parar de fumar… só não posso parar de fuder e de farrear senão eu vou tentar acender e dar altos tragos no meu mp3 player… (pouco grossa) rs!

Publicado em 31/05/2007, em Comportamento. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Oi, moça!
     
    Adorei saber que você parou de fumar. É isso aí! Gostei de ver!
     
    Te amo! 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: