A Hora da Empada

Às 10:12h de um dia comum, invade o recinto um anjo terrestre trazendo a benção de todas as manhãs: empadas. Ele tem de tudo Frango, Charque, Camarão, Chocolate, Cupuaçu com Queijo e até de Limão, mas a minha preferida é a de Palmito com Queijo, essa sim é a melhor.
O moreno da bundinha gostosa carrega mil empadas em uma bandeija toda chique. Vai de sala em sala no prédio em busca de barrigas roncadoras e obesas desesperadas sedentas por aquela massa macia e aquele recheio cremosinho… ele vende cada empadinha salgada a R$1,00 e doce a R$1,50, deve arrecadar maior dinheirão por manhã. Casa da Empada, camisa amarela, eu vejo de longe… a Tati sente o cheiro quando o cara dobra a esquina (opa, denunciei a do post anterior), ela prefere a do concorrente, de blusa azul, por mim, tanto faz, sendo de comer tá valendo tudo.
É um momento sublime. Eu pego minha empadinha, meu copinho cheio d’água e vou providenciar um cimento estomacal sentadinha no meu lugar de sempre. Já me mandaram providenciar ao menos um Tang que fosse, mas a água é bem mais providencial (leia-se: barato). A Hora da Empada é o momento das manhãs que eu mais gosto, sinto vontade de cantar “meu lanchinho” antes, mas é meio queimação… quero mais empadas…
Anúncios

Publicado em 22/11/2006, em Gula. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: