Mas eu me mordo de ciúúúúmes!

 

 
Vamos falar de ciúmes? Taí um assunto que dá ibope. Eu já vivenciei muitas vezes de pertinho esse sentimento chato. Já deixei que a insegurança e a impulsividade tomassem conta de mim, o que agravava ainda mais o tal do Ciúme. Ciúmes de amigos, familiares, em namoros, de objetos, animais… ciúmes sem explicações lógicas… eu me envergonho muito, mas ao mesmo tempo agradeço ao passado por ter vivenciado isso…
 
O tempo me trouxe uma maturidade, mesmo que pequena, quanto ao Ciúme. Equilíbrio entre o amor ao próximo e o amor próprio, controle da impulsividade, confiabilidade. A gente precisa aprender a ser melhor. Mas lógico, eu nunca vou deixar de ser ciumenta, está até no meu perfil astrológico (Áries é fogo!), e eu admito quando o tenho… só que tem um detalhe… eu tento repassar toda a segurança possível. Então, às vezes eu acho "as implicâncias" uma maldade para comigo… poxa… logo comigo… eu que sou tão… legal (rsrsrs)
 
Então à grosso modo seria o seguinte… eu posso ter ciúmes, mas não admito que tenham comigo (rsrsrs), será que é injusta.
 

 
TOLO CIÚME
Roupa Nova
 
Que é que tem
Se eu olho pra alguém
Você sempre vem
E briga comigo
Mas se alguém
Me olha também
Disfarço e procuro você
Eu te quero, esse tolo ciúme
Não tem nem porque
Tanto faz
Pra onde eu olhar
Se o gosto de amar
É sempre contigo
Pertencer
É não se perder
É sempre voltar pra você
O perigo de todo ciúme
É o fim do prazer
Quando eu preciso de atenção
Está com raiva de mim
A tempestade no coração
Quase te faz esquecer
A minha paixão
Que é que diz
A sua emoção ?
É só confiar
No seu sentimento
Que é que faz
Seu pulso bater
É medo te ter e perder
Eu não quero esse tolo ciúme tomando você.

Publicado em 25/11/2005, em Desabafos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Dani, conversamos sobre isso há quase 1 ano atrás, lembra-se? E quase sempre eu lembro do que você escreveu pra mim sobre a história das aves de rapina 🙂 exemplos simples e casuais é que fazem das suas teorias tão singelas e aplicáveis 😉 um super beijo.

  2. Ah sim, e acrescentando, eu estava lendo uns sites sobre astrologia e percebi que, eu sou uma libriana atípica, pois nos textos eu encontrava muito sobre liberdade… mas eu sou um pote de ciúmes e possessividade! Deve ser coisa de ascendente né?! Beijocas, saudades!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: