Dia do professor

 

Dia do Professor. Ô galera que veio ao mundo pra padecer! Como parte de uma família de educadores eu vi de perto o sofrimento da espécie. Ok, não descarto a idéia de ainda cair no ramo do magistério, mas sabe porquê? È que assim como eu vi de perto todo o esforço de correção de provas, lançamento de notas, aulas particulares, telefonemas estranhos no meio da noite de mães de alunos desesperadas, corre-corre com horários, ingratidão de discentes (e até mesmo docentes)… eu também acompanhei as vitórias, os desafios superados, e, principalmente, o reconhecimento. Quer coisa mais linda do que as homenagens de alunos e ex-alunos, pais, escolas, diretorias, universidades? É aí que mora a retribuição, no reconhecimento, e – não só hoje – mas em especial, dia 15 de outubro é o dia em que estas estrelas brilham mais forte e iluminam o céu de conhecimento ofuscando quaisquer desvantagem da profissão. Parabéns à você que desafia TODOS os desafios da educação e é sempre vencedor.

 
O Professor está sempre errado…
 
Quando…
É jovem, não tem experiência.
É velho, está superado.
Não tem automóvel, é um coitado.
Tem automóvel, chora de barriga cheia.
Fala em voz alta, vive gritando.
Fala em tom normal, ninguém escuta.
Não falta o colégio, é um Caxias.
Precisa faltar, é um turista.
Conversa com os outros professores, está malhando os alunos.
Não conversa, é um desligado.
Dá muita matéria, não tem dó dos alunos.
Dá pouca matéria, não prepara os alunos.
Brinca com a turma, é metido a engraçado.
Não brinca com a turma, é um chato.
Chama a tenção, é um grosso.
Não chama a atenção, não sabe se impor.
A prova é longa, não dá tempo.
A prova é curta, tira as chances do aluno.
Escreve muito, não explica.
Explica muito, o caderno não tem nada.
Fala corretamente, ninguém entende.
Fala a "língua" do aluno, não tem vocabulário.
Exige, é rude.
Elogia, é debochado.
O aluno reprova, é perseguição .
O aluno é aprovado, deu mole.
É…
O professor está sempre errado, mas…
Se você conseguiu ler até aqui, agradeça à ele.
(Iara Damasceno Monteiro)

Publicado em 15/10/2005, em Eventos. Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Sabe que eu penso MUITO em ser professora? o.ô Uma das coisas mais bacanas relacionadas ao assunto é que no ano passado eu me toquei que, desde então, meus ídolos não são mais pessoas inacessíveis, mas na verdade seres com quem eu tenho contato todas as semanas… ou seja, eu sou muito pagadora de pau pra uns professores aí. ^^ E esse texto tá tão legal!

  2. Muito obrigado! fico grato por ter lembrado de mim!E adorei o poema, e da homenagem aos professores, só qm está no ramo sabe como é!Ou qm vive de muito perto também como vc escreveu!Só pessoas inteligentes, e vc é muito! Admiro também sua profissão, uma na qual, eu pensei em seguir, mas continuo idolatrando!bjos de qm te adora DI montão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: