Dia dos Pais

 

 
Neste final de semana temos o Dia dos Pais. Tá, tá, tá, eu sei, o capitalismo veio, criou as festas e nos faz consumir feito doidos… ok, ok, ok eu sei disso. Mas sabe que eu acho legal essas datas criadas… é uma desculpa para gente comemorar as coisas. Se bem que a gente fica preso àquelas datas impostas… mas também… têm ocasiões que ninguém lembraria se não fosse a bendita data. Tem dia de tudo, já dizia o http://www.quediaehoje.net/, site que eu entro diariamente. É curioso, têm datas muito entranhas…
 
Enfim, o post de hoje não é para falar sobre datas. Mas para aproveitar e falar um pouco do meu pai. Aliás, dos meus "pais". Eu tenho 3 papais. O meu pai, a minha mãe e meu avô. Eles todos são felicitados por esta data, todos tem papel paterno na minha vida.
 
Acho que dei sorte em ter pais novos (e separados), acho não, eu dei! (a sorte). A diferença de idade é muito pequena. Meus pais são cocotas, isso é muito legal. Eu me tornei mais amiga deles do que filha – isso não significa que eles tenham mais ou menos moral comigo, são pais como os de todos, eu peguei (pego) porrada do mesmo jeito. Já passamos fases difíceis, eu fui uma criança e uma adolescente – relativamente – difícil (fechada)… mas superamos tudo. Hoje eles sabem tudo da minha vida.
 
Um relacionamento super legal, onde eu saio pra tomar umas tequilas com o meu pai e depois to fumando um cigarrinho com a mamãe. Se medo de dizer "porra", sem medo de mostrar quem eu sou e o que penso, colocar minhas opiniões sem receios e viver uma relação com muito respeito, consideração e amor.
 
Queria aproveitar este Dia dos Pais e reunir os 3 e ficar de dengo numa cama grandona brincando de fazer cócegas. Mas aí eu lembro que eu não sou mais criança, nem tão carinhosa assim, não tenho cama grandona (e se tivesse, com o meu peso quebraria), não vou conseguir reunir os 3 e odeio receber cócegas. Daí vira utopia… mas é um discurso bonitinho.
 
Feliz Dia dos Pais à todos que têm seus papais, aos que não os têm, aos que são papais ou aos que já agiram como tal, aos que odeiam seus pais, aos que não conhecem os pais, aos que… todo o resto a ver com "pais".

Publicado em 12/08/2005, em Eventos. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Sabe o que significa pra mim, em relação ao meu pai, Dia dos Pais, aniversário dele, meu aniversário, Natal e Páscoa? O terrível dia em que eu tenho que dar um abraço e um beijo nele. XP XDSim, eu sou uma má pessoa nesse sentido, muito má. ^^"

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: