De gugudadá p/ lálálálá

Eu estava aqui pensando… eu amo música, e cada fase da minha vida foi embalada por uma trilha sonora. Acho que tudo começou com àqueles clássicos infantis dos anos 80 – Balão Mágico, Trem da Alegria, Bozo, Vovó Mafalda, Mara Maravilha, Turma da Mônica, Mariane, Angélica, Carrossel, Xuxa, Paquitas, TV Colosso, Família Dinossauro, Chaves – (alguns dos meus LP’s)… – acho que as coisas começaram daí.

Como filha única, acabei criando diversões particulares, brincadeiras individuais, uma delas era com um dos meus brinquedos favoritos… Meu primeiro Gradiente. Nossa, como adorava berrar naquele microfone “duas rodinhas enroladas num barbaaaante… te dou um doce se você advinhaaaar…”. Isso sem contar com: Superfantástico, É tão lindo, Lua de cristal, Uni Duni Duni tê… hits da pirralhada. Era uma fase muito boa, época de inocência, ternura e pureza. Eu lembro que minhas amigas e eu tínhamos uma bandinha e passeávamos cantando e tocando (quebrando) alguns instrumentos. Um dos meus passatempos era decorar letras de música (ainda é) e determinadas músicas eu não esqueço… isso vale também para as músicas de abertura dos desenhos animados.

Aliás, recentemente criei um CD para mim onde pude reunir músicas que marcaram minha infância. Músicas que ainda gosto até hoje. Músicas que tocam meu coração. Não por lembrar de fulano, ou ciclano, mas por me transportar à uma fase em que a felicidade não era tão teorizada. Trilhas de Muppets Baby, Get Along Gang, Ducktales, Cavalo de Fogo, Scooby-Doo, Smurfs, Supermouse, Ursinhos Carinhosos, Inspetor Bugiganga, Clássicos do Chaves (Thuin Thuin Thun Clain – Legalzinha sua roupa – Se você é jovem ainda – etc.)… enfim…

Isso sem contar com as músicas Disney que sou, simplesmente, obsecada (ainda). Aquele tal do “Cante com Disney” dos antigos VHS’s sofriam comigo. Atualmente é a “seleção de cenas” e os “bônus” dos DVD’s da vida que sofrem. Aladdin, Rei Leão, Bela e a Fera, Dumbo, Pinochio… é doença decorar tudo né? Mas eu sabia… agora só lembro das principais… “os seus problemas… você deve esquecer… isso é viver… é aprender… hakuna matata” ou “um mundo ideaaalll…. é um privilégio ver daqui… ninguém pra nos dizer… o que fazer… até parece um sonho” e até mesmo “sentimentos são…. fáceis de mudar… mesmo entre quem… não vê que alguém pode ser seu par…”.

Pois é… agora eu tiro uma bronca de mostrar pro meu irmão filmes, músicas, desenhos, etc. só pra voltar ao tempo junto com ele. Tomo banho de chuva, gravo um CD, alugo um DVD, sento e brinco de lego e supermassa com ele, ainda lancho Passatempo com Yakult depois. Ai, ai… quantas saudades, ainda bem que meu passado, de alguma forma, ainda está presente.

Publicado em 09/02/2005, em Música. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Bom, crescer é sempre difícil. Eu aproveito pra brincar de ser criança de novo com minha sobrinha. Assistindo aos desenhosa da Disney com ela, comprando rouoas, acessórios e brinquedos pra ela e assistindo Xuxa só pra baixinhos. Nossa, e por falar em Xuxa, menina voltei no tempo quando trabalhei no show dela aqui em Recife, foi um dos melhores trabalhos de promoção que eu já fiz.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: